domingo, 20 de abril de 2014


A humildade e a páscoa


Publicado em / /            Comente esse post

Hoje não vou mostrar o meu lado B, e sim o de minha mãe, meus tios e minha avó. Em um post sobre páscoa, achei bem apropriado contar sobre eles e a humildade dessa data que para mim se tornou comercial.

Eu queria muito ter feito um post dedicado a minha Vó Maria e ter contado a vida dela, porém eu não posso falar de páscoa e não contar essa história que faz parte da minha vida. Então farei uma introdução rápida aqui e logo postarei mais sobre ela.

Minha avó ficou viúva cedo e com onze filhos para criar, sendo a maioria crianças. Como moravam na roça, vieram para cidade para uma vida melhor e com mais recursos, e os filhos mais velhos ajudavam a cuidar dos mais novos. Porém a vida era precária e não se tinha muitos luxos. Quando chegava a páscoa, minha avó não tinha condição de comprar ovos de chocolate e para não passar em branco, ela cozinhava ovos de galinha e os enfeitava, e dava para os filhos. Na maior humildade eles pegavam o ovo e iam a missa
no domingo de manhã para benze-los (o que era muito comum na época) enquanto as outras crianças levavam seus ovos de chocolate.

É um pouco triste porém há uma lição nisso, pois o verdadeiro significado da páscoa não está em um ovo de chocolate e em uma embalagem colorida, e sim, na humildade de ser aquilo que Jesus foi. Não adianta valorizar o chocolate que comemos se no fundo, a nossa má conduta será a mesma. Devemos viver a Páscoa como momento de reflexão e de renascimento, onde tudo que vivemos pode ser perdoado e devemos seguir em frente com novos ideais. Viver Jesus, e não fazer dele um delivery, que quando eu chamo, me entregam o que eu quero.

Precisamos ser mais humanos e menos artificiais.
Precisamos ser mais humildes de coração e valorizar o que realmente importa.
Coisas materiais não importam. O que as pessoas tem não me importam.
Simplicidade importa.
Amor ao próximo importa.

Que a páscoa seja a humildade em dar aquilo o que temos com amor, assim como minha avó fazia, e não se esconder numa embalagem bonita e cheia de chocolate, que pode até ser doce mas jamais adoçará a vida.

Enfim, uma feliz páscoa!

Pedro, o que tem esperança na ressureição das pessoas mortas por dentro.



0 comentários:

Postar um comentário

Comente, mantenha esse blog vivo!