domingo, 11 de maio de 2014


Dissertando sobre decepção


Publicado em / /            Comente esse post



"Sabe porque a decepção dói tanto?
Porque ela nunca vem de um inimigo."


A decepção é um sentimento que vem todo carregado com uma tristeza intensa e inesperada. Como na frase, a decepção sempre vem de alguém próximo. Sempre vem como um balde frio nossa cara e a gente gostava tanto dessa pessoa que até dói no coração. E não importa caráter ou condição financeira, ela vai te magoar!

Pode parecer, mas esse post não é sobre relacionamento, e sim sobre até onde as pessoas vão usando máscaras e sendo alguém na sua frente, e outra quando você vira as costas. Eu tento ser o mais aberto possível e como dizia um cantor aí, "Só quem é de verdade, sabe quem é de mentira." E sim, a gente sabe quem é de mentira.

Por ser uma pessoa tranquila, sempre espero o melhor das pessoas que convivo. Sempre dou meu 100% e espero que eu receba o mesmo. E nunca é assim. Com isso, comecei a não criar expectativas. As pessoas mentem, manipulam, coagem e até matam, porque eu esperaria sempre o melhor? Meus amigos sabem o quanto sofro e que as vezes os cobro demais. Porém a vida é uma ajuda mútua e em que devemos nos ajudar sempre. Não quero perder essas pessoas que eu sei que posso confiar.

Mas a decepção é ágil e vem com tanta velocidade que não podemos prever. E machuca. Destrói a imagem que tínhamos da pessoa.
E é tão chato que a gente se cobra e pensa: "poxa, eu admirava tanto" e não adianta. Pensamos em nos vingar tentando fazer o mesmo, ou até mesmo não conversar mais com a pessoa, mas eu não consigo ser que nem ela.

É quando vem o discernimento de Deus, que devemos dar o perdão as todos. Os seres humanos são passíveis de erros e não importa quantas vezes, sempre vão cair. Eu dei o perdão, mas não estou preparado a aceitar essa situação e ficarei no meu canto. Não sei se ignorar será a melhor atitude, mas eu prefiro não me envolver novamente.
Estou vacinado.

Esse post não é indireta e não quero alastrar essa mágoa que tive, mas senti vontade de vomitar essas palavras.

Pedro, o que confia demais nas pessoas.




0 comentários:

Postar um comentário

Comente, mantenha esse blog vivo!